PUBLICIDADE
Topo

Josias de Souza

Ibope em Manaus: Virgílio 61% X 29% Vanessa

Josias de Souza

20/10/2012 06h36

Na primeira pesquisa realizada pelo Ibope no segundo turno da disputa pela prefeitura de Manaus, Arthur Virgílio (PSDB) abriu uma dianteira de 32 pontos percentuais sobre a antagonista Vanessa Grazziotin (PCdoB): 61% a 29%. Nas urnas do primeiro turno, ele obtivera 40% dos votos. Ela, 19%.

Virgílio cresceu a despeito dos esforços de Lula. No primeiro round, o puxador de votos do PT fez questão de voar até Manaus. Participou de um comício de Vanessa. Em discurso, crivou de críticas o tucano, seu antigo desafeto.

Nesta segunda (22), Dilma Rousseff também escalará o palanque da candidata do PCdoB. Dois dias depois, Virgílio recepcionará em seu palanque o presidenciável tucano Aécio Neves.

Ex-líder do PSDB no Senado, Virgílio notabilizou-se pela oposição ácida que fez ao governo Lula. Tentou reeleger-se senador em 2010. Foi vencido pela mesma Vanessa Grazziotin, também empurrada na época por Lula. Acusou a adversária de fraude. Corre na Justiça Eleitoral um processo.

A diferença entre 2010 e 2012 é que, na disputa de dois anos atrás estavam em jogo os votos dos eleitores de todo o Estado do Amazonas. Agora, a disputa está restrita à capital, uma praça em que Virgílio tem boa votação. Se as urnas confirmarem a pesquisa, Lula e Dilma serão sócios de Vanessa no infortúnio.

Sobre o autor

Josias de Souza é jornalista desde 1984. Nasceu na cidade de São Paulo, em 1961. Trabalhou por 25 anos na ''Folha de S.Paulo'' (repórter, diretor da Sucursal de Brasília, Secretário de Redação e articulista). É coautor do livro ''A História Real'' (Editora Ática, 1994), que revela bastidores da elaboração do Plano Real e da primeira eleição de Fernando Henrique Cardoso à Presidência da República. Em 2011, ganhou o Prêmio Esso de Jornalismo (Regional Sudeste) com a série de reportagens batizada de ''Os Papéis Secretos do Exército''.

Sobre o blog

A diferença entre a política e a politicagem, a distância entre o governo e o ato de governar, o contraste entre o que eles dizem e o que você precisa saber, o paradoxo entre a promessa de luz e o superfaturamento do túnel. Tudo isso com a sua opinião na caixa de comentários.