Blog do Josias de Souza

Grupo de Aécio cede liderança na Câmara a SP

Josias de Souza

O sumiço de José Serra reduziu a taxa de veneno no PSDB. A tal ponto que o grupo político de Aécio Neves já se permite ser generoso com o tucanato de São Paulo. O partido se prepara para trocar seu líder na Câmara. Pelo sistema de rodízio, Bruno Araújo (PE) seria substituído na liderança por um bicudo de Minas. Já havia inclusive dois nomes na pista: Paulo Abi-Ackel e Domingos Sávio.

De repente, em nome da unidade, a turma do pão de queijo decidiu ceder o comando da bancada a um deputado paulista. As preferências recaem sobre Carlos Sampaio (foto), espécie de centro-avante do partido nas CPIs. Haverá rodízio também no Senado. Ali, o líder Alvaro Dias, que sonha em disputar uma prévia com Aécio, deve ser substituído pelo paraibano Cassio Cunha Lima, amigo do presidenciável mineiro. Há na bancada uma alternativa paulista: o protoserrista Aloysio Nunes. Mas generosidade tem limites.