PUBLICIDADE
Topo

Depoimento de Valério: MPF abre 6 apurações

Josias de Souza

02/04/2013 06h09

O Ministério Público Federal decidiu abrir, em Brasília, seis procedimentos para investigar acusações feitas por Marcos Valério num depoimento prestado em setembro do ano passado –aquele depoimento em que o operador do mensalão disse que Lula deu o seu "ok" para os empréstimos bancários que encobriram o esquema e teve "despesas pessoais" pagas com verbas espúrias.

Os repórteres Felipe Recondo e Alana Rizzo informam que, após perscrutar as 13 páginas que abrigam as declarações de Valério, os procuradores da República que se ocupam do caso farejaram a existência de oito fatos que, em tese, podem ser tipificados como criminosos. Dois deles já se encontram sob investigação noutros inquéritos. Assim, restaram por apurar meia dúzia de condutas.

Decidiu-se, então, abrir procedimentos para realizar apurações preliminares. Ao final, pode-se optar pela abertura de inquéritos ou pelo arquivamento. As apurações serão conduzidas por procuradores distintos. A encrenca está sob os cuidados do primeiro grau da Procuradoria porque Lula, agora sem mandato, já não dispõe do foro privilegiado do STF. Por isso, não cabe ao procurador-geral da República, Roberto Gurgel, se ocupar da matéria.

Inicialmente, Gurgel tinha enviado o papelório com as acusações de Valério para Minas Gerais, onde correm outros inquéritos nascidos da investigação do mensalão. Porém, o procurador Leonardo Augusto Santos Melo, lotado em Belo Horizonte, concluiu que as acusações não tinham serventia para ações bertas na capital mineira. Devolveu o material a Brasília em 11 de março. Na Capital, não há prazo para o desfecho.

Sobre o autor

Josias de Souza é jornalista desde 1984. Nasceu na cidade de São Paulo, em 1961. Trabalhou por 25 anos na ''Folha de S.Paulo'' (repórter, diretor da Sucursal de Brasília, Secretário de Redação e articulista). É coautor do livro ''A História Real'' (Editora Ática, 1994), que revela bastidores da elaboração do Plano Real e da primeira eleição de Fernando Henrique Cardoso à Presidência da República. Em 2011, ganhou o Prêmio Esso de Jornalismo (Regional Sudeste) com a série de reportagens batizada de ''Os Papéis Secretos do Exército''.

Sobre o blog

A diferença entre a política e a politicagem, a distância entre o governo e o ato de governar, o contraste entre o que eles dizem e o que você precisa saber, o paradoxo entre a promessa de luz e o superfaturamento do túnel. Tudo isso com a sua opinião na caixa de comentários.

Josias de Souza