Blog do Josias de Souza

Dilma manda Mercadante apaziguar Congresso

Josias de Souza

Antes de voar para um descanso de quatro dias na praia de Inema, na Base Naval de Aratu, em Salvador, Dilma Rousseff escalou o ministro Aloizio Mercadante (Casa Civil) para tentar desarmar as 'bombas' que aliados do governo ameaçam acionar no Congresso. Fez isso depois que os deputados mandaram à lata do lixo o decreto presidencial que enganchava conselhos populares em todos os órgão públicos.

Nesta quinta-feira, Mercadante se reúne com o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN). Tentará convencê-lo a não incluir na pauta de votações projetos que criam novas despesas para o governo.

É grande a fila de propostas que o Planalto considera tóxicas. Por exemplo: diminuição da carga horária dos enfermeiros para seis horas diárias; fim da contribuição previdenciária para servidores aposentados; reajustes salariais para Legislativo, Judiciário e Executivo; aumento dos repasses da União para municípios e um imenso etcétera.

– Atualização feita às 14h22 desta quinta-feira (30): como previsto, Mercadante reuniu-se com Henrique Alves no Planalto. Ficou acertado que o presidente da Câmara informará ao ministro quais os projetos que a Câmara planeja levar a voto. A preocupação do governo é com o caixa.

Editoria de Arte/Folha