PUBLICIDADE
Topo

Josias de Souza

Dirceu virou atração turística em Passa Quatro

Josias de Souza

08/01/2015 02h10

Ao banhar-se na cachoeira, Dirceu chamou a atenção de turistas, que o fotografaram com o celular

Em visita a Passa Quatro, no Sul de Minas Gerais, um casal de turistas paulistas deparou-se com uma atração inesperada ao visitar a Floresta Nacional que adorna o município. No último dia 2 de janeiro, banhava-se com amigos na cachoeira de Iporã, envolto na bucólica atmosfera da Serra da Mantiqueira, o condenado José Dirceu, hoje um prisioneiro do regime domiciliar.

Dirceu foi a Passa Quatro, cidade onde nasceu, munido de autorização do STF. Atual relator do processo do mensalão, o ministro Luís Roberto Barroso autorizou-o a passar o Natal e o Ano-Novo com a mãe, dona Olga, de 94 anos. Permitiu que ele se ausentasse de Brasília entre 23 de dezembro a 2 de janeiro, o dia do banho revigorante.

Sobre o autor

Josias de Souza é jornalista desde 1984. Nasceu na cidade de São Paulo, em 1961. Trabalhou por 25 anos na ''Folha de S.Paulo'' (repórter, diretor da Sucursal de Brasília, Secretário de Redação e articulista). É coautor do livro ''A História Real'' (Editora Ática, 1994), que revela bastidores da elaboração do Plano Real e da primeira eleição de Fernando Henrique Cardoso à Presidência da República. Em 2011, ganhou o Prêmio Esso de Jornalismo (Regional Sudeste) com a série de reportagens batizada de ''Os Papéis Secretos do Exército''.

Sobre o blog

A diferença entre a política e a politicagem, a distância entre o governo e o ato de governar, o contraste entre o que eles dizem e o que você precisa saber, o paradoxo entre a promessa de luz e o superfaturamento do túnel. Tudo isso com a sua opinião na caixa de comentários.