Topo
Blog do Josias

Blog do Josias

Seletivo, o PT sonega solidariedade a Delcídio

Josias de Souza

25/11/2015 19h37

Marlene Bergamo/FolhaO PT habituou-se a prestar solidariedade a todo tipo de malfeitor —dos condenados do mensalão aos encrencados no petrolão. Subitamente, a legenda decidiu negar a mão estendida ao companheiro Delcídio Amaral, pilhado negociando a compra do silêncio do delator Nestor Cerveró.

"Nenhuma das tratativas atribuídas ao senador tem qualquer relação com sua atividade partidária, seja como parlamentar ou como simples filiado", escreveu Rui Falcão, presidente do PT, uma nota oficial. "Por isso mesmo, o PT não se julga obrigado a qualquer gesto de solidariedade."

Depois de gritar tantas vezes "um por todos, todos por um", o PT agora exclama: "Hummmm…" Bom, muito bom, ótimo. No arremate de sua nota, Falcão soou ameaçador: "A presidência do PT convocará, em curto espaço de tempo, reunião da Comissão Executiva Nacional para adotar medidas que a direção partidária julgar cabíveis".

Tudo leva a crer que o PT mostrará a porta de saída para Delcídio. Alvíssaras! Depois, para completar o serviço, o partido só precisará expulsar Dirceu, Genoino, Delúbio, João Paulo, Vaccari e um interminável etcétera.

Sobre o autor

Josias de Souza é jornalista desde 1984. Nasceu na cidade de São Paulo, em 1961. Trabalhou por 25 anos na ''Folha de S.Paulo'' (repórter, diretor da Sucursal de Brasília, Secretário de Redação e articulista). É coautor do livro ''A História Real'' (Editora Ática, 1994), que revela bastidores da elaboração do Plano Real e da primeira eleição de Fernando Henrique Cardoso à Presidência da República. Em 2011, ganhou o Prêmio Esso de Jornalismo (Regional Sudeste) com a série de reportagens batizada de ''Os Papéis Secretos do Exército''.

Sobre o blog

A diferença entre a política e a politicagem, a distância entre o governo e o ato de governar, o contraste entre o que eles dizem e o que você precisa saber, o paradoxo entre a promessa de luz e o superfaturamento do túnel. Tudo isso com a sua opinião na caixa de comentários.