PUBLICIDADE
Topo

Delegado pediu separação de Cabral e Garotinho: são de ‘facções’ diferentes

Josias de Souza

18/11/2016 13h45


No comando do caso que envolve Anthony Garotinho (PR-RJ), o delegado da Polícia Federal Paulo Cassiano parece mesmo decidido a dispensar ao ex-governador do Rio um tratamento de preso comum. Ao comentar a transferência de Garotinho do Hospital Municipal Souza Aguiar para o complexo penitenciário de Bangu, onde já se encontrava detido o também ex-governador Sérgio Cabral (PMDB-RJ), o delegado fez questão de mencionar as providências que adotara para evitar desavenças entre os dois neopresidiários..

"Ele vai continuar o tratamento dele lá", afirmou Paulo Cassiano, referindo-se às supostas debilidades coronarianas de Garotinho. "A gente até já pediu para separar ele do Sérgio Cabral por causa de facção. Um é de uma facção, outro é de outra." As declarações do delegado foram veiculadas pela rádio CBN nesta sexta-feira. Garotinho acusa o acusa de perseguição. Sustenta que o delegado fez campanha na última eleição municipal para um rival político de sua família na cidade de Campos, hoje governada por sua mulher Rosinha Garotinho.

Ex-aliados, Garotinho e Cabral são agora arqui-inimigos. Cabral chegou ao presídio antes de Garotinho. Teve a cabeça raspada, como sucede com todos os novos hóspedes. Vestiu uniforme de preso: camiseta branca e calça jeans. Passou a noite numa cela de 9 m², que divide com outros cinco presos. Garotinho dormiu na Unidade de Pronto Atendimento de saúde (UPA) do presídio.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre o autor

Josias de Souza é jornalista desde 1984. Nasceu na cidade de São Paulo, em 1961. Trabalhou por 25 anos na ''Folha de S.Paulo'' (repórter, diretor da Sucursal de Brasília, Secretário de Redação e articulista). É coautor do livro ''A História Real'' (Editora Ática, 1994), que revela bastidores da elaboração do Plano Real e da primeira eleição de Fernando Henrique Cardoso à Presidência da República. Em 2011, ganhou o Prêmio Esso de Jornalismo (Regional Sudeste) com a série de reportagens batizada de ''Os Papéis Secretos do Exército''.

Sobre o blog

A diferença entre a política e a politicagem, a distância entre o governo e o ato de governar, o contraste entre o que eles dizem e o que você precisa saber, o paradoxo entre a promessa de luz e o superfaturamento do túnel. Tudo isso com a sua opinião na caixa de comentários.