Topo
Blog do Josias

Blog do Josias

‘Racista é o cu da mãe’, declara filho de Bolsonaro em reação contra a PGR

Josias de Souza

15/04/2018 06h42

Um dos filhos do presidenciável Jair Bolsonaro, o deputado estadual Flávio Bolsonaro (PSC-RJ), abespinhou-se com a procuradora-geral da República Raquel Dodge, que denunciou seu pai no Supremo pela prática do crime de racismo. Sem mencionar o nome de Dodge, o pesonagem explodiu no Twitter. Utilizou palavras de calão rasteiro.

"Racista é o cu da sua mãe, militante esquerdista nojento. Jair Bolsonaro foi forjado no quartel, lugar de gente decente, humilde, trabalhadora e cheio de negão!", anotou o deputado. Na denúncia, Dodge evoca declarações feitas por Bolsonaro numa palestra no Clube Hebraica do Rio de Janeiro, em abril de 2017.

"Eu fui em um quilombola em El Dourado Paulista", disse o presidenciável, numa das frases reproduzias pela procuradora-geral. "Olha, o afrodescendente mais leve lá pesava sete arrobas". Bolsonaro disse também que os quilombolas "não fazem nada". Acrescentou: "Nem para procriador eles servem mais".

No perfil da conta do Twitter em que fez a suposta defesa do pai, Flávio Bolsonaro injetou um 'Negão' entre o seu nome e o sobrenome. Ele se define nas redes sociais como reacionário. "Reajo a tudo que não presta, como a esquerda, por exemplo." Tomado pela reação à denúncia da Procuradoria, o deputado converteu-se numa prova de que quem sai aos seus não endireita.

Sobre o Autor

Josias de Souza é jornalista desde 1984. Nasceu na cidade de São Paulo, em 1961. Trabalhou por 25 anos na ''Folha de S.Paulo'' (repórter, diretor da Sucursal de Brasília, Secretário de Redação e articulista). É coautor do livro ''A História Real'' (Editora Ática, 1994), que revela bastidores da elaboração do Plano Real e da primeira eleição de Fernando Henrique Cardoso à Presidência da República. Em 2011, ganhou o Prêmio Esso de Jornalismo (Regional Sudeste) com a série de reportagens batizada de ''Os Papéis Secretos do Exército''.

Sobre o Blog

A diferença entre a política e a politicagem, a distância entre o governo e o ato de governar, o contraste entre o que eles dizem e o que você precisa saber, o paradoxo entre a promessa de luz e o superfaturamento do túnel. Tudo isso com a sua opinião na caixa de comentários.