Topo
Blog do Josias

Blog do Josias

Eduardo Bolsonaro fala como chanceler paralelo

Josias de Souza

02/12/2018 04h18

De passagem pelos Estados Unidos, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) comportou-se como uma espécie de chanceler paralelo do Brasil. O filho de Jair Bolsonaro levou às redes sociais uma entrevista que concedeu à Fox News. Com a humildade reduzida à mínima potência, disse que sua viagem teve o propósito de abrir o caminho para a recuperação da credibilidade do Brasil, um país que abandonou o "socialismo" para ser "uma economia muito mais liberal."

Sinalizou que o futuro governo não reconhecerá a legitimidade da recente reeleição de Nicolás Maduro na Venezuela. Reiterou o plano de transferir a embaixada brasileira em Israel de Tel Aviv para Jerusalém. Encostou o Planalto na Casa Branca ao declarar que, doravante, o Brasil dará preferência a uma aliança com os Estados Unidos. E admitiu que seu pai é uma versão tropical de Donald Trump, pois, a exemplo dele. despreza o politicamente correto.

Em poucos minutos de conversa, Eduardo Bolsonaro fez barba, cabelo e bigode, como se diz. Mandou a escanteio países como a China, deixou de cabelos hirtos exportadores brasileiros que vendem toneladas de carne para nações árabes e muçulmanas. E alistou o Brasil, por assim dizer, na infantaria de Trump, transformando o país em potencial aliado de um encrenqueiro em todas as brigas que ele compra ao redor do planeta.

A exemplo do diplomata Ernesto Araújo, chanceler oficial nomeado por Olavo de Carvalho, Eduardo Bolsonaro parece ignorar que a diplomacia é uma atividade que traz o significado no nome. Quando funciona, é macia.

Correção: O post acima continha um erro. O futuro chanceler chama-se Ernesto Araújo, não Edson Araújo como estava escrito. O equívoco foi corrigido.

Sobre o Autor

Josias de Souza é jornalista desde 1984. Nasceu na cidade de São Paulo, em 1961. Trabalhou por 25 anos na ''Folha de S.Paulo'' (repórter, diretor da Sucursal de Brasília, Secretário de Redação e articulista). É coautor do livro ''A História Real'' (Editora Ática, 1994), que revela bastidores da elaboração do Plano Real e da primeira eleição de Fernando Henrique Cardoso à Presidência da República. Em 2011, ganhou o Prêmio Esso de Jornalismo (Regional Sudeste) com a série de reportagens batizada de ''Os Papéis Secretos do Exército''.

Sobre o Blog

A diferença entre a política e a politicagem, a distância entre o governo e o ato de governar, o contraste entre o que eles dizem e o que você precisa saber, o paradoxo entre a promessa de luz e o superfaturamento do túnel. Tudo isso com a sua opinião na caixa de comentários.