Topo
Blog do Josias

Blog do Josias

General deveria comparar armas a nascimentos

Josias de Souza

2031-12-20T18:04:08

31/12/2018 04h08

Aconselha-se ao general Augusto Heleno que pare de comparar a posse de armas de fogo à posse de automóveis. A analogia não faz jus à sua inteligência. Eis o argumento do ministro, amigo e principal conselheiro de Jair Bolsonaro: carros também podem matar, logo deve-se liberar a posse de armas de fogo.

"Se formos considerar número de vítima, vamos ver que está em torno de 50 mil vítimas de acidentes de automóvel por ano", afirmou Heleno. "Se você for considerar isso, vamos proibir o pessoal de dirigir, porque alguém está correndo risco de morrer porque o motorista é irresponsável. A posse da arma é um atributo que muitos países concedem ao cidadão para sua defesa, da família e da propriedade".

Ora, levando-se a teoria do general ao pé da letra, a humanidade teria de censurar o conselho divino —"Crescei e multiplicai-vos"—, proibindo imediatamente a prática do sexo para fins reprodutivos. Isso resolveria definitivamente o problema, pois a maior causa de mortalidade não são os carros nem as armas, mas esse mal terrível chamado nascimento.

Vivo, René Descartes entraria em parafuso: "Penso, logo existo", ele repetiria, antes de interrogar os seus botões: "Mas por que é que eu penso? E pra que é que eu existo?"

O general Heleno simplificaria as coisas se declarasse algo assim: Bolsonaro vai liberar a posse de armas por decreto porque foi isso que ele prometeu na campanha. E foi para isso que seus eleitores o levaram até a vitória.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre o autor

Josias de Souza é jornalista desde 1984. Nasceu na cidade de São Paulo, em 1961. Trabalhou por 25 anos na ''Folha de S.Paulo'' (repórter, diretor da Sucursal de Brasília, Secretário de Redação e articulista). É coautor do livro ''A História Real'' (Editora Ática, 1994), que revela bastidores da elaboração do Plano Real e da primeira eleição de Fernando Henrique Cardoso à Presidência da República. Em 2011, ganhou o Prêmio Esso de Jornalismo (Regional Sudeste) com a série de reportagens batizada de ''Os Papéis Secretos do Exército''.

Sobre o blog

A diferença entre a política e a politicagem, a distância entre o governo e o ato de governar, o contraste entre o que eles dizem e o que você precisa saber, o paradoxo entre a promessa de luz e o superfaturamento do túnel. Tudo isso com a sua opinião na caixa de comentários.