Topo
Blog do Josias

Blog do Josias

Ciro Gomes ecoa o irmão: ‘Lula tá preso, babaca!’

Josias de Souza

2007-02-20T19:15:09

07/02/2019 15h09

Os acertos dificilmente podem ser melhorados. Os erros, porém, podem ser infinitamente piorados. Nesta quinta-feira, estudantes reunidos na Bienal da UNE, em Salvador, mostraram que não aprenderam nada com a derrota de 2018. Aconselhada por Ciro Gomes a não elogiar corruptos em mesa de bar, a rapaziada vaiou. Alguém gritou: "Corrupto". E Ciro: "Eu não sou, não. Eu estou solto, 38 anos de vida pública, nunca respondi por nenhum malfeito. Eu sou limpo. Eu sou limpo. Engole essa, engole essa."

Nesse ponto, Ciro ecoou o irmão Cid Gomes, que também foi hostilizado por uma plateia de petistas, no Ceará, durante o segundo turno da campanha presidencial do ano passado: "O Lula tá preso, babaca". Ciro repetiu a frase um par de vezes. A hostilidade aumentou. E Ciro, em timbre didaticamente exaltado, disse que Lula "aceitou recursos" de má origem. Recordou que não é o responsável pelo encarceramento da divindade petista. A plateia permaneceu irascível.

Ciro prosseguiu: "Eu avisei que, se a direita ganhasse as eleições, o Lula ia ficar encarcerado por muito mais tempo. Avisei na campanha. Todo mundo pode vomitar a paixão que quiser, mas enquanto a gente ficar assim, acreditando em minorias ínfimas, esmagadoramente derrotados que fomos… Companheiros, nós fomos humilhantemente derrotados por essa estratégia. Insistir nela afunda o Brasil!"

Vivo, Millôr Fernandes diria: "Ator em decadência aceita até papel higiênico." O petismo e seus apoiadores, no entanto, parecem decididos a frequentar o palco de costas para a realidade. Comportando-se como inocentes culpados —ou culpados inocentes— Lula, o PT e seus devotos ainda não notaram que derrota é aquela coisa que acontece quando o outro lado vence.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre o Autor

Josias de Souza é jornalista desde 1984. Nasceu na cidade de São Paulo, em 1961. Trabalhou por 25 anos na ''Folha de S.Paulo'' (repórter, diretor da Sucursal de Brasília, Secretário de Redação e articulista). É coautor do livro ''A História Real'' (Editora Ática, 1994), que revela bastidores da elaboração do Plano Real e da primeira eleição de Fernando Henrique Cardoso à Presidência da República. Em 2011, ganhou o Prêmio Esso de Jornalismo (Regional Sudeste) com a série de reportagens batizada de ''Os Papéis Secretos do Exército''.

Sobre o Blog

A diferença entre a política e a politicagem, a distância entre o governo e o ato de governar, o contraste entre o que eles dizem e o que você precisa saber, o paradoxo entre a promessa de luz e o superfaturamento do túnel. Tudo isso com a sua opinião na caixa de comentários.