Topo
Blog do Josias

Blog do Josias

Bolsonaro revive no Turismo maestro do Titanic

Josias de Souza

2014-04-20T19:05:08

14/04/2019 05h08

O rombo aberto no casco do Ministério do Turismo é bom para levar Jair Bolsonaro a uma definição. Quando termina naquele pedaço da Esplanada a nova política de que fala o capitão e quando começa o naufrágio ético? O drama do ministro Marcelo Álvaro Antônio é bom para matar essa curiosidade. Por ora, Bolsonaro parece obcecado pela ideia de frequentar o enredo como um maestro do Titanic.

Com o ministério a caminho do fundo, Bolsonaro ordena à orquestra que continue tocando enquanto Marcelo Antônio desliza pelo salão. Num instante em que a água já invadia o trombone, a deputada federal Alê Silva (PSL-MG), uma das denunciantes do laranjal de candidaturas atribuído ao ministro, disse ter tomado conhecimento de que ele a ameaçou de morte. Pediu proteção à Polícia Federal.

O maestro Bolsonaro já recebeu informações suficientes para constatar que seu ministro puxa a pasta do Turismo e o próprio governo para dentro do seu naufrágio pessoal. Entretanto, alheio ao desnível acentuado do convés, o presidente movimenta a batuta como se nada tivesse sido descoberto sobre seu auxiliar. Ou o capitão redescobre a utilidade da caneta Bic ou logo terá de pedir à orquestra que execute hinos religiosos. E o trombone: "Glub, glub, glub…"

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre o Autor

Josias de Souza é jornalista desde 1984. Nasceu na cidade de São Paulo, em 1961. Trabalhou por 25 anos na ''Folha de S.Paulo'' (repórter, diretor da Sucursal de Brasília, Secretário de Redação e articulista). É coautor do livro ''A História Real'' (Editora Ática, 1994), que revela bastidores da elaboração do Plano Real e da primeira eleição de Fernando Henrique Cardoso à Presidência da República. Em 2011, ganhou o Prêmio Esso de Jornalismo (Regional Sudeste) com a série de reportagens batizada de ''Os Papéis Secretos do Exército''.

Sobre o Blog

A diferença entre a política e a politicagem, a distância entre o governo e o ato de governar, o contraste entre o que eles dizem e o que você precisa saber, o paradoxo entre a promessa de luz e o superfaturamento do túnel. Tudo isso com a sua opinião na caixa de comentários.