Topo
Blog do Josias

Blog do Josias

Na briga sobre Previdência dos Estados e municípios, você entra com o bolso

Josias de Souza

08/06/2019 01h47

Os governadores começaram a sair do armário no debate sobre a reforma da Previdência. Num par de cartas, posicionaram-se a favor da manutenção de Estados e municípios na proposta em tramitação no Congresso. Alguns defendem ajustes no texto. O problema é que a grossa maioria dos governadores ainda não arregaçou as mangas para conquistar os votos dos parlamentares dos seus respectivos Estados.

Ao apoiar a reforma apenas por carta, esses governadores passam a sensação de que desejam assistir ao espetáculo com o distanciamento de estudiosos acadêmicos. O diabo é que o buraco da Previdência dos Estados, que roça os R$ 100 bilhões anuais, já não permite aos governadores observar a cena conflagrada do Legislativo como se nada fosse com eles. Incomodados, os parlamentares continuam dispostos a retirar os servidores estaduais e municipais da reforma previdenciária.

Com isso, governadores e prefeitos seriam obrigados a providenciar seus próprios ajustes, imprimindo suas digitais em projetos de ajuste enviados aos legislativos locais. O pano de fundo desse jogo de empurra é a eleição de 2022.

Convém prestar atenção nesses governadores que tratam de Previdência mais ou menos como o sujeito que quer pregar um prego sem se machucar e segura o martelo com as duas mãos. Não se deve descuidar também de parlamentares que reclamam da pressão política como comandante de navio que se queixa da existência do mar.

Você talvez imagine que esse assunto não tem nada a ver com o seu café com leite. Engano. Nessa briga, os políticos entram com o cinismo e a hipocrisia. E você entra com o bolso que vai cobrir o rombo previdenciário dos estados e municípios se eles ficarem de fora da reforma.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre o autor

Josias de Souza é jornalista desde 1984. Nasceu na cidade de São Paulo, em 1961. Trabalhou por 25 anos na ''Folha de S.Paulo'' (repórter, diretor da Sucursal de Brasília, Secretário de Redação e articulista). É coautor do livro ''A História Real'' (Editora Ática, 1994), que revela bastidores da elaboração do Plano Real e da primeira eleição de Fernando Henrique Cardoso à Presidência da República. Em 2011, ganhou o Prêmio Esso de Jornalismo (Regional Sudeste) com a série de reportagens batizada de ''Os Papéis Secretos do Exército''.

Sobre o blog

A diferença entre a política e a politicagem, a distância entre o governo e o ato de governar, o contraste entre o que eles dizem e o que você precisa saber, o paradoxo entre a promessa de luz e o superfaturamento do túnel. Tudo isso com a sua opinião na caixa de comentários.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor