Topo
Blog do Josias

Blog do Josias

Heleno: fala de Lula sobre a facada é ‘canalhice’

Josias de Souza

2014-06-20T19:15:06

14/06/2019 15h06

Augusto Heleno chama de 'canalhice' dúvida de Lula sobre facada

UOL Notícias

Em entrevista à TVT, Lula lançou dúvidas sobre o atentado praticado contra Jair Bolsonaro na campanha presidencial de 2018. Coube ao general Augusto Heleno, ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional, responder à provocação. "Isso é uma canalhice típica desse sujeito", declarou o general, dando socos na mesa de café da manhã que Bolsonaro ofereceu aos jornalistas nesta sexta-feira.

Lula dissera o seguinte na noite da véspera: "Eu, sinceramente… Aquela facada tem uma coisa muito estranha, uma facada que não aparece sangue, que o cara é protegido pelos seguranças do Bolsonaro […] A faca que não aparece em nenhum momento. Tem muita história estranha, suspeita."

Lula lança dúvida sobre atentado sofrido por Bolsonaro na campanha

UOL Notícias

Presente ao encontro de Bolsonaro com os repórteres, Heleno disse que chama o presidente, seu velho amigo, de "senhor" porque deseja "dar o exemplo." Explicou: "É o presidente de um Poder, eleito pelo povo, que merece o respeito de toda a sociedade." Na sequência, deu sua opinião sobre Lula: "Um presidente da República desonesto tinha que tomar uma prisão perpétua. Isso é um dewboche com a sociedade."

Não bastasse destruir "o conceito do país", prosseguiu Heleno, "ele ainda aventa a hipótese de a facada ser uma mentira." Voz alterada, punhos cerrados, o general fez uma analogia com o drama médico vivido pelo próprio Lula e por Dilma Rousseff. "E será que o câncer dele foi mentira? E o câncer da dona Dilma foi mentira? Alguém teve peito de dizer isso para ele?"

Bolsonaro: 'Se facada fosse na barriga do Lula, sairia muita cachaça'

UOL Notícias

Bolsonaro também se manifestou sobre o tema. Disse que não deve satisfações a Lula. Ironizou: "Presidiário presta depoimento, não dá entrevista." Provocou: "Devolvo a pergunta: Celso Daniel, Lula, quem matou? Antes de matar, quem torturou?" E voltou a ironizar: "Não vou atrás desse debate com o Lula. Alguém acha que eu teria grana e influência para armar isso? […] Se a facada fosse na barriga do Lula, sairia muita cachaça, com certeza."

Para Heleno, Lula não mereceu ser presidente da República. "Eu tenho vergonha de um sujeito desse ter sido presidente da República." Impedidos de captar áudio ou realizar gravações durante o café da manhã, os repórteres receberam por WhatsApp o vídeo com a fala do general. O Planalto queria que Heleno fosse ouvido do lado de fora da sala do café da manhã.

Sobre o autor

Josias de Souza é jornalista desde 1984. Nasceu na cidade de São Paulo, em 1961. Trabalhou por 25 anos na ''Folha de S.Paulo'' (repórter, diretor da Sucursal de Brasília, Secretário de Redação e articulista). É coautor do livro ''A História Real'' (Editora Ática, 1994), que revela bastidores da elaboração do Plano Real e da primeira eleição de Fernando Henrique Cardoso à Presidência da República. Em 2011, ganhou o Prêmio Esso de Jornalismo (Regional Sudeste) com a série de reportagens batizada de ''Os Papéis Secretos do Exército''.

Sobre o blog

A diferença entre a política e a politicagem, a distância entre o governo e o ato de governar, o contraste entre o que eles dizem e o que você precisa saber, o paradoxo entre a promessa de luz e o superfaturamento do túnel. Tudo isso com a sua opinião na caixa de comentários.