Topo
Blog do Josias

Blog do Josias

Para Carluxo, Congresso é lento e faz chantagem

Josias de Souza

2006-07-20T19:03:39

06/07/2019 03h39

Fabricante de crises, Carlos Bolsonaro, o Carluxo, voltou suas baterias novamente contra o Congresso. Endossou no Twitter um post que acusa o Legislativo de embromar seis meses para aprovar na comissão sobre Previdência uma versão "desidratada" da reforma. O autor da postagem revela o desejo de que comecem a andar o pacote anticrime de Sergio Moro e a reforma tributária —"a do (Paulo) Guedes, não a do (Rodrigo) Maia". Além de avalizar a análise cáustica, o filho Zero Dois do presidente anotou: "Lamento, mas espere sentado, amigo!"

O ataque de Carluxo chega num instante em que seu pai rouba a cena em Brasília como lobista das forças policiais. Alheio ao risco de desidratação, Jair Bolsonaro insiste em empurrar para dentro da reforma regras especialíssimas de aposentadoria para sua corporação predileta. "Algumas questões serão corrigidas com toda certeza junto ao plenário", disse Bolsonaro nesta sexta-feira.

Na contramão de Carluxo, seu desafeto Rodrigo Maia empilhou no Twitter três posts. Num, informou que se reunirá com líderes partidários em pleno sábado, para azeitar a aprovação da reforma em plenário. "O Brasil não pode esperar", escreveu. Noutro, anunciou para a próxima semana a instalação de comissão sobre a reforma tributária. Num terceiro, disse ter combinado com o ministro Sergio Moro (Justiça) que o pacote anticrime vai a debate em agosto.

Num instante em que a conjuntura pede serenidade, não há tipo mais perigoso do que um caçador de encrencas como Carluxo. Ele é capaz de emitir fagulhas que podem derrubar ministros ou aumentar a coleção de desafetos arrumar inimigos. Não que as opiniões do Zero Dois sejam levadas em conta. É que por trás delas há a eterna suspeita de que o príncipe encrenqueiro é intérprete do pensamento do soberano.

Sobre o autor

Josias de Souza é jornalista desde 1984. Nasceu na cidade de São Paulo, em 1961. Trabalhou por 25 anos na ''Folha de S.Paulo'' (repórter, diretor da Sucursal de Brasília, Secretário de Redação e articulista). É coautor do livro ''A História Real'' (Editora Ática, 1994), que revela bastidores da elaboração do Plano Real e da primeira eleição de Fernando Henrique Cardoso à Presidência da República. Em 2011, ganhou o Prêmio Esso de Jornalismo (Regional Sudeste) com a série de reportagens batizada de ''Os Papéis Secretos do Exército''.

Sobre o blog

A diferença entre a política e a politicagem, a distância entre o governo e o ato de governar, o contraste entre o que eles dizem e o que você precisa saber, o paradoxo entre a promessa de luz e o superfaturamento do túnel. Tudo isso com a sua opinião na caixa de comentários.