Topo
Blog do Josias

Blog do Josias

Senado prepara abertura de CPI das barragens

Josias de Souza

05/02/2019 20h34

O Senado se prepara para abrir uma CPI sobre barragens. O regimento da Casa exige o apoio de pelo menos 27 senadores. E o senador Otto Alencar (PSD-BA) já colecionou 31 rubricas.

O requerimento será lido em plenário na sessão de quinta-feira, abrindo caminho para que os partidos indiquem seus representantes na comissão. Serão 11 titulares e sete suplentes.

A ideia é iniciar a apuração pela tragédia da barragem da mineradora Vale, em Brumadinho (MG). Por ora, contabilizaram-se 142 mortos e 194 desaparecidos.

Uma CPI dispõe de poderes análogos aos de um juiz. Pode realizar diligências, requisitar informações e convocar depoimentos de testemunhas e suspeitos.

Se apurar crimes, a CPI pode encaminhar suas conclusões para o Ministério Público. Se avaliar que a legislação é precária, a comissão pode sugerir aperfeiçoamentos.

Quem não quiser fazer papel de bobo deve prestar atenção ao poder das mineradoras junto aos políticos. De resto, convém levar em conta que os senadores chegam atrasados no lance.

Na prática, a CPI forçará portas já arrombadas, pois o Ministério Público Federal e a Promotoria de Minas Gerais já cuidam do esquadrinhamento do descalabro. Decretaram-se inclusive prisões, já revogadas.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre o autor

Josias de Souza é jornalista desde 1984. Nasceu na cidade de São Paulo, em 1961. Trabalhou por 25 anos na ''Folha de S.Paulo'' (repórter, diretor da Sucursal de Brasília, Secretário de Redação e articulista). É coautor do livro ''A História Real'' (Editora Ática, 1994), que revela bastidores da elaboração do Plano Real e da primeira eleição de Fernando Henrique Cardoso à Presidência da República. Em 2011, ganhou o Prêmio Esso de Jornalismo (Regional Sudeste) com a série de reportagens batizada de ''Os Papéis Secretos do Exército''.

Sobre o blog

A diferença entre a política e a politicagem, a distância entre o governo e o ato de governar, o contraste entre o que eles dizem e o que você precisa saber, o paradoxo entre a promessa de luz e o superfaturamento do túnel. Tudo isso com a sua opinião na caixa de comentários.